2007/08/16

O Cenário da Despedida


Ao escrever aqui sobre o último trabalho dos Two Gallants, o EP 'The Scenery of Farewell', só me vinha à cabeça uma situação que gostaria de ter ontem gritado para este blog.

Se calhar a idade já me permite ser directo em determinados assuntos ou não acreditar em certas coisas. Bem, na realidade nunca acreditei muito nas propostas de separação conjugal quando um dos componentes do par diz para "darmos um tempo". Pá, sorry, mas isto não existe. As razões invocadas podem ser todas válidas de ambos os lados (ou apenas do que quer "tempo para pensar"), mas sinceramente, acho que há coisas que não têm volta, pelo menos (quase que) imediata.

Custa-me muito ver pessoas a sofrerem pelo egoísmo de outras. Para quem "perde" é como realmente passar o tempo a contar as horas pelas colheres de café que se ingere.

Pela ilusão de alguns, pela delicadeza de outros, perdem-se vidas. Encontram-se desencontros inferindo que tiveram a vida errada no local errado.

E assim, tu princesa, que nunca foste dançarina, começarás atada, a bailar na prisão do rei.

4 comentários:

Randomsailor disse...

"E assim, tu princesa, que nunca foste dançarina, começarás atada, a bailar na prisão do rei." - Esta, é das frases mais belas que li neste blog.

...

Abraço grande

Kraak/Peixinho disse...

Randomsailor :) Obrigado. Foram inspiradas na minha amiga Sophia. Esta mulher ajuda-me a tirar palavras do meu cérebro :)

... e está tudo dito.

Hugzz compreendidos

My_Little_Bedroom disse...

É curioso que também há duas grandes "Sofias" na minha vida: uma amiga minha que se perdeu pelo tempo e pelo espaço e que me fez a pessoa que sou hoje e a Sophia de Mello Breyner - a poeta, não a prosaica...

Eheheh...

P.S: Fazia jeito às vezes o ambiente matrixiano: termos umas ventosas nas costas e a possibilidade de termos alguns "chips" a meter-nos juízo, não?

Kraak/Peixinho disse...

My Little Bedroom :) É bom ver-te por aqui, por este lado.

Sou grande admirador da Sophia e foi com ela que aprendi a crescer em vários aspectos. Mesmo num ambiente sem muitos "chips", hehe :))

Hugzz sem ventosas