2008/06/12

Cogumelos de Amesterdão


A trip que esta madrugada não tive foi mesmo real. Justifico:

Posso ser a droga mas nenhuma tomei.

Não se trata de estar num deserto com quatro camelos e um cão. Trata-se de viajar em alta velocidade por um túnel que me levava para o infinito. Fatalmente apanhado fui por algo que consegui fugir e que, mais calmo, como se fosse um vidro, vi a serena água que se aproximava lentamente e que, ao escorrer, penetrou os poros de toda a minha pele.

Atento e sensível, com medo e assustado, nesta madrugada, dei-me conta do que estaria fora do meu alcance. Hoje, mais tarde, disseram-me que eu era exemplar.

Indiquem-me uma imagem no mapa onde para sul possa rumar. E voltar.

2 comentários:

extravaganza disse...

Podes sempre vir beber um Nespresso cá a casa! Ou dois ou três.

Traz a Ritinha.

:)

Kraak disse...

Extravaganza :) Pois... naum deixa de ser sul, embora estivesse a pensar em algo mais longe. Uns 900 km a sul. Sem café. Só com água. E eu próprio.

Bjzz expressozz