2007/04/27

O Que Parece Óbvio


A propósito de dois posts que li recentemente, um no blog da Isabel Mendes Ferreira e outro no blog do Randomsailor, nada como seguirmos as palavras do meu querido e admirado amigo Xavier Queipo o qual já foi algumas vezes referido neste blog.

"A realidade non existe, ou cando menos non existe como concepto uniforme e igual para todos. A percepción individual – tan variábel – é, ao meu parecer, a que separa realidade de ficción. A vida tampouco existe como tal, e, do mesmo xeito que a morte non é eterna, senón instantánea: non somos e xa somos, somos e xa non, o presente, a realidade, non é senón transito fugaz entre o pasado e o futuro, un aquel de ser e non ser ao mesmo tempo."

Xavier, é fácil reconhecer o sábio e acho que já encontraste uma resposta equilibrada. Escreve-a por favor num céu azul porque eu continuo com os bolsos (ainda) forrados de sonhos e já não sei como governar os meus mares.

Xavier Queipo escreve na rubrica Cartas Marcadas do site Culturagalega.org desde 12 Abr '07.

2 comentários:

Sea disse...

sonhos... sonhos...
esses, há muito que desapareceram, diluindo-se no mar que me rodeia.

beijos óbvios.

Kraak/Peixinho disse...

Sea :) Eu ainda naum quero pensar dessa forma, embora tenha deixado a minha ingenuidade há muito tempo nas profundezas do nosso habitat preferido.

Why Not?

Bjzz sonhados