2007/04/27

Entre a Terra e o Sol


Tu que pareces vaguear entre este planeta e o Sol, tu que bailas num jardim quando é preciso, tu que de uma forma assumida, mas harmoniosa te perdes nalgumas coisas...

... caminha pelas paisagens! Puras e absolutas!

Pede o teu desejo, nem que a passada seja pesada como as escamas de uma sereia. Todas as coisas que terás sairão das tuas próprias mãos, desde que as toques. Neste dia de hoje, canta, grita e divide um bolo de arroz comigo! O que mais te desejo é que encontres a tua imagem através de países, barcos e carruagens, laboratórios e reports económicos, bailes e jardins, amor e alegria, Terra e Sol.


A plenitude escorre do teu DNA.

Parabéns, Monga X!

:: O tema em audição ("Kisses for the Misses", de Richard Swift) é para ti
[photo by Kraak/Peixinho @ Kiel Hauptbanhof, 2006.01.28]

4 comentários:

x disse...

E o que eu te adoro?
Obrg amigo
Beijos comovidos

isabel mendes ferreira disse...

tudo em ti é solar.
















beijo.Te.

Kraak/Peixinho disse...

X :) Ó Monguita querida apêndice! E eu? Já te esqueceste que te adoro buézz?? :D

Bjzz sem lágrimas

Kraak/Peixinho disse...

Isabel Mendes Ferreira :) Curiosas as tuas palavras as quais adorei. Embora seja muito solar, gosto muito dos frios de Neptuno. Naum sei bem explicar tal motivo.

Às vezes acho que fico embriagado no meu próprio avesso.

Bjzz Quentes