2005/07/24

Cegonhas e Peixes

Para a Edite
    Era uma vez um peixinho que trabalhava muito e que não se queixava em demasia. Há muito tempo atrás através de uma queimadela de cigarro, recebeu uma carta para ir ao encontro de uma ex-cabeluda de cabelo curto. Nessa altura, onde o eclipse da véspera ainda persistia e onde o sol e a lua estavam na sua estação de sonho.
      - Olá, que gira estás com este corte de cabelo. :)
        E a tua vontade era esconderes-te num local onde ninguém te encontrasse. Mas não, nem te assustaste nem te escondeste. E porquê? Porque és uma mulher que detesta normas e que procuras sempre viver num mundo aberto e liberal. E o que se passou a partir desse dia? Continuei a voar nesta altura e tu acompanhaste-me. Imparcialmente ajudaste-me em afirmar que não seria um erro em lutar pelo que queria. E de alguma forma deste-me uma estrela para me guiar. Valeu a pena. Valeu a pena a tua capacidade de ligação à tua inovação e ideal.

        Entretanto, muito tempo depois, confrontado novamente nas minhas dúvidas, a minha tarefa não era assim tão fácil e eu tinha que de alguma forma conquistar a minha amada e o que eu precisava era aprender a apanhar estrelas, pois já me tinha esquecido como se fazia.

        E durante algum tempo lá corria para a beira da minha amada cheio de estrelas nas mãos. Até que houve um dia que eu me tornei um triste caçador porque ela já havia dado o seu coração a outro navegador.

        Nestes momentos em que a luz da lua foi encoberta pelos céus carregados de tormentas, onde eu fui ao topo da montanha e aí me sentei, com muito frio, tu ofereceste-me um cobertor cortado dos teus vestidos e permaneci num reino quase que invisível. Como que a observar baleias em alto mar onde só havia golfinhos a brincar. Ofereceste-me os teus ideais lógicos e a verdade acima de tudo, de mãos dadas com o teu espírito humanitário e voluntarioso.

        A luz emanada desse cobertor era suficiente para iluminar toda a minha cabeça que estava, de repente, caída no chão. E tu deste a mão a este jovem que recuperou linhas do seu passado em forma de poemas.

        Este suposto jovem poeta vagueou por espaços estranhos, viajou por galáxias longínquas, começou a fazer cálculos malucos a tentar encontrar uma solução óptima para o problema. Pilhas de papel, de contas, de desenhos, gráficos e esquemas sem encontrar uma explicação plausível para tudo o que tinha visto.

        Mas tu, com a tua coragem e tolerância, sempre me ajudaste a encontrar a porta. Era tudo um sonho e eu precisava era de dormir. Eu dormia acordado entretanto afogado.

        Até que finalmente disseste:
        - Até que enfim! Estava a ver que nunca mais dali saías.
        - Pois, eu também.
          E porque o mundo é feito de estrelas, breve breve mais uma estrela connosco estará, resposta do amor de duas pessoas que se amam e que se querem muito. Ela brilhará tão forte, tão forte, que será mais rápida que o sol a aquecer a Terra todas as manhãs. Como luzes eternas entre os Amigos. Uma passagem pelo Reino das Cegonhas de onde virá possivelmente um peixinho. Ou uma peixinha. :D

          PS – Podes achar ridículo, mas o livro dos Stereophonics que me trouxeste há 7 anos de Edimburgo e o Kit Origami ocupam lugares muito importantes comigo.

          18 comentários:

          just_me disse...

          :) vistei.te e comentei... Há pessoas assim como tu...este post é lindo e pos.me a sorrir...ainda bem q a edite existe, e ainda bem q tu existes...viva a capacidade de sentir!bjinhs grandes

          Anónimo disse...

          De certeza que será uma estrelinha muito brilhante e querida muito querida de todos nós (os tios e tias)....um beijinho muito grande para ti e para a mamã e papá....

          nat&sobrinhasprincesas+ktudo

          siri disse...

          Uma "carta" muito especial. =)

          edite disse...

          Dissertavam vocês sobre o amor...Aqui está. Com amigos assim não podemos duvidar que o amor existe. Ri-se! Chora-se! Sente-se!E dp. vem um mundo mágico de peixinhos, luzes, estrelas, amigos, carlos, obrigada.

          musikfreak disse...

          Ke lindo!!!!
          Que bom que é amar assim!
          Que grande diferença deste para o post anterior! Gosto muito mais de te "ler" assim! E que bom que é, também, ter uma (ou um!) "edite" na nossa vida ou de sermos uma "edite" para alguém.
          Muitos parabéns pela nova estrelinha no firmamento!

          In perfeita disse...

          Lindo...Lindo..
          Sobretudo o título, "Cegonhas e Peixes",
          Digno de um best seller ;)!!!

          Beijinhos ****

          Joca disse...

          Parabéns! Para as "Edites", os "Peixes" e as "Cegonhas" deste Mundo... E muito muito em especial para esta Edite, para este Peixe e, claro, para esta Cegonha! :-)

          Adryka disse...

          Olá peixinho, cá tou para ler as tuas fantásticas crónicas é sempre fabuloso ler-te.
          Beijinhos

          Kraak/Peixinho disse...

          Just_me :) Heyyyyy :D Finalmente! Bem-vinda à Blogosfera! Obrigado pela tua visita. Tb já fui visitar o teu canto da sereia. Yeap! E viva a capacidade de sentir! Há muita gente que tem andado a perder isso!

          Beijaum grande cheio de sorrisos

          Kraak/Peixinho disse...

          Nat :) :) :) :) SIMMM! Uma estrelinha que vai ser peixinho/peixinha! Hehe :)

          Bjzzz grandes

          Kraak/Peixinho disse...

          Siri :) Naum é uma "carta"! Ela já sabia tudo isso, hehe :)

          Bjzzz dentro de um envelope

          Kraak/Peixinho disse...

          Edite Querida :) Naum tens nada que agradecer! Tudo isto é muito pouco para ti! E como dizes, isto é amor.

          Adoro-te.

          Bjzzz com muitas estrelas

          Kraak/Peixinho disse...

          MskFrk :) Vês? Aí está a diferença que tu tb compreendes... e bem! That's love. O amor naum passa apenas por quem está todos os dias ao nosso lado. Passa por todos os nossos amigos que queremos e amamos!

          Beijo grande

          Kraak/Peixinho disse...

          LOL In Perfeita :) Ainda bem que gostaste! Gostei do "best-seller"! Haha. És linda tb!

          Bjzzz dignos de um real best-seller

          Kraak/Peixinho disse...

          Joca :) Hehe! Obrigado Mano. Parabéns a todos. Eu preciso é ter uma conversa particular com a cegonha (tenho que mover as influências dos tentáculos do Kraak).

          Haha!

          Hugzzz à Mano

          Kraak/Peixinho disse...

          Adryka! :) Olá, querida amiga! Ainda bem que gostaste. É bom transmitir o nosso amor através das "crónicas".

          Beijo grande

          lost disse...

          Na nossa vida os amigos sao muito importantes, e com eles que nos falamos e choramos, ele fazem parte de nos, e sentimos isso quando estamos sós. Sentimos um vazio. E muito bonito quando alguem fala assim de um amigo. Parabens Edite, por ter um amigo assim.

          Kraak/Peixinho disse...

          Lost :) Os amigos são tudo para mim. Se passeares pelo meu blog, verás mais posts dedicados aos meus amigos ;-).

          Obrigado pela tua visita!

          Hugzzz