2005/03/26

Páteo dos Poetas

Já tinha reparado nas paredes deste Café, mas hoje à noite, algo chamou-me mais a atenção. Entre muitas coisas escritas, lá encontrei esta... para partilhar...

"O Poeta tem olhos de água para reflectirem todas as cores do mundo."
(Manuel da Fonseca)

Quando a energia regressa, quando temos mais brilho nos olhos, quando temos um sorriso sempre pronto e sincero, tudo parece mudar... até as bebidas foram oferecidas!

[ LOL, a postar em casa do João das Fraldas e a beber gin puro pq o forreta nem água tónica tem :) ]

2 comentários:

Anónimo disse...

" Os olhos são a candeia da Alma
Se os teus olhos tiverem luz
todo o teu corpo resplandecerá
Se os teus olhos não tiverem luz
todo o teu corpo cairá em trevas
e quão grandes serão essas trevas..."

Cheers

Avraham

Kraak/Peixinho disse...

Naum kero trevas, plize! Tipo: Why does it always rains on me when I was 17? Nopes!

Kraakam aka Peixinho