2007/01/02

Caça (da) grossa


[continuação deste post]

Agora que já estamos em 2007, dão-me licença para pôr uma questão?

Será que ainda há algo mais que nos possa fazer medo? BRRR! O outro tipo, ordinário é certo, foi capturado e no último dia do ano passado foi o espectáculo que foi: em directo, via web, para quem quisesse ver e imaginar que aquelas imagens iriam salvar o ano que se findava.


A questão é que o perigo continua à espreita, à luz do dia e na calada da noite e há coisas que não conseguimos controlar. A raça humana continua a descer a um nível muito baixo e não sei onde iremos parar.

Não haverá outras formas para morrermos? O que me preocupa não é a morte do Saddam, mas sim daqueles inocentes, de sangue novo, que perderam a vida para que algumas pessoas assistissem em apoteose à morte da besta.

Cheira a marisia.

Hoje chega-nos o tema #2, de 2005 em 2006: "Upon This Tidal Wave of Young Blood", do excelente álbum début e homónimo dos Clap Your Hands Say Yeah.

"we are men who stay alive
who send your children away now
we are calling from a tower
expressing what must be
everyone's opinion
"they are going out to bars
and they are getting into cars
i have seen them with my own eyes."
'america please help them!'

they are child stars..."

6 comentários:

Sea disse...

então, não é que adivinhou o pensamento :D
beijo

Kraak/Peixinho disse...

Sea :) Tens bola de cristal em casa? :P

Bjzz cristalizados

Mocho Falante disse...

Ah pois é meter a cabeça no buraco e fingir e meter o lixo do tapete não faz o mundo um melhor lugar, a morte do ditador e a difusão das imagens da execução foi chocante como o acender de um rastilho que vai dar a uma bomba de tamanho imprevisível...é o mundo que temos

abraços e feliz 2007

Kraak/Peixinho disse...

Mocho :) Infelizmente é mesmo o que dizes. Vamos fazer de conta que a casa está limpa, embora o mal cheiro lá esteja... debaixo do tapete, como dizes.

A pólvora começa a sussurrar...

Hugzz e um óptimo 2007!!

maria disse...

Sim... pois é, peixinho... também me parece que as coisas vão ficar feias.
é preciso é andar muita gente alerta... e atenta sempre e sem parar!

Kraak/Peixinho disse...

Maria :) Olha, estás tão pessimista como eu... Naum sei naum, mas a tendência parece ser decrescente, infelizmente... :(

Parar? Naum! Parar nunca! :D

Bjzz em movimento