2006/12/25

10000 linhas de sms's da treta


[continuação deste post]

Não é a primeira vez que esta música aparece neste blog. O seu título serviu-me para, 10 meses atrás, andar a divagar através deste
post. Hoje, quase 1 ano depois, ela volta a adaptar-se à Quadra Natalícia. Uma época um pouco cínica, especialmente quando estamos à janela das casas onde as pessoas, supostamente, estão alegres a confraternizar em família o Natal. Na realidade, estão a apanhar uma grande seca.

Mas, se hoje em dia, pintamos o futuro, desde os nossos quartos, com todo o progresso tecnológico que o mundo nos oferece, só queria deixar aqui expresso que acho esta ceninha dos sms's natalícios uma coisa mais que sintética e que permite encher os bolsos dos patrões das operadoras móveis. A questão é que os fios à solta pelo chão e os cabos existentes nas paredes das nossas casas permitem que saiamos limpos de tudo o que fizemos ao longo do ano e de uma forma cínica e indirecta mandamos mensagens de amor e fraternidade pelas antenas espalhadas pelos telhados das nossas casas, do tipo: "não quero falar contigo, por isso leva lá com o sms".

É fácil. A receita já está nos sites oficiais das operadoras móveis: é só escolher o modelo e fazer "send". Não é preciso dar a cara, quero dizer, dar a voz. Assim quem recebe as mensagens pode ver no que elas, as que enviaram, se tornaram: pouco sol, apenas algumas radiações.


A chatice é que elas têm o teu nome e o teu número de telefone. Tu é que já não tens os respectivos gravados no teu telemóvel. Eu deveria aprender a estar calado, mas nesta vida já aprendi algumas coisas, sobretudo em não ser um mero acessório de encenação teatral, como se estivesse a falar de papel de cenário.

Entre todas as mensagens que recebi, quase nenhuma delas original, quase nenhuma delas escrita pelo punho do remetente, quase nenhuma delas pensada e adaptada para quem se dirigia, a que leva o prémio da piroseira/bimbice é a que se segue (recebi a mesma mensagem duas vezes por dois remetentes diferentes):

"Um dia um sábio disse: 'A riqueza de um Homem mede-se pela quantidade de amigos...' Obrigado por fazeres parte da minha fortuna..." - ARGHH! - God damn it!

E aqui a mensagem mais original deste Natal: "Yo ho ho, bom Natal, mesmo que tal implique substituir a patanisca pelo bacalhau. Cya ;)"

Hoje chega-nos o tema #5: "Ten Thousand Lines" (em audição) dos Electric President, álbum 'S/t' (3º melhor álbum de 2006, na minha opinião).

"Thousands of wires spread through the halls
Thousands of eyes live in our walls.
And now they can see just what we've done (oh no)
Now they can see what we've become

No sun. Just radiation here. Get it by the lungful.
No time. No way to count the years.
Except by the creaking sounds in your bones"

10 comentários:

Carlos Romao disse...

Um abraço, grande Kraak :)

Extravaganza disse...

Musica muito boa, post melhor ainda...
Ainda ontem a propósito disto alguém me mostrou um sms que alguém lhe reencaminhou mas que se esqueceu de apagar o nome do 1º remetente...
Euronews!

Kraak/Peixinho disse...

Carlos Romão :) Obrigado. Um grande abraço, também.

Kraak/Peixinho disse...

Extravaganza :) A música é seguramente melhor que o post! A música é linda; o post amargo.

Num mundo onde cada vez menos se pensa e onde até se reencaminham sms de terceiros, 4 God sake. Tens aí um kompensan para a troca?

Al-Jazeera News para ti também, LOL.

Bjzz em directo na CNN

Extravaganza disse...

Euronews = no comments

Kompensan-S: para a azia + flatulência

:)

Kraak/Peixinho disse...

Extravaganza :) AHAHAH! I got it! (só agora :P)

Breaking News? LOL.

Naum sabia que o Kompensan era bom para os Traakes.

Bjzz sem Aziazz

Extravaganza disse...

Sim, Kraak, é... Mas só o Kompensan-S (tb há Kompensan) que tem na sua composição dimeticona! (Entretanto por questões linguísticas o nome desta substância foi alterada para dimeticone...)

:P

Kraak/Peixinho disse...

Extravaganza :) Ok. Kompensan-S. O "S" será de quê? Será de "Ssss"? LOL.

Essa cena linguística é gira, é tipo Opel Ascona, Sabonete Rexona, etc.

Bjzz numa cidade italiana (mesmo sufixo) :P

Anónimo disse...

Por isso nao te enviei nenhum sms. Prefiro o abraço que te dei no dia 30. :)
hugzzz sem sms

Kraak/Peixinho disse...

GaZpar :) Óptimo! Eu também naum enviei a ninguém! Sim, nada como expressar de viva-voz os nossos sentimentos. :)

Um grande abraço para ti!

Hugzz directos