2005/12/29

O Cotovelo


(continuação deste post)

Ao ouvir esta canção pela primeira vez no passado mês de Setembro, tive o seguinte pensamento: "Mas que bela forma de se começar uma música". Um brilhante impacto nos meus ouvidos. Assim como uma formidável colisão nos meus olhos quando Plutão e Neptuno estiveram frente a frente. Parecem coisas feitas por génios ou por deuses. E não consigo parar de ouvir esta canção, passados 4 meses. Esqueço-me de mim, a cidade perdoa-me, escapo-me da morte. Oiço-te. Como sempre.

Proponho a candidatura de Guy Garvey (vocalista da banda) para Presidente da República.

Hoje chega a #3 (em audição): Forget Myself, dos Elbow.


"Are you watching them pair off and drinking them long
Are you falling in love...
Are you falling in love...
Are you falling in love every second song
No, I know I won't forget you
But I'll forget myself, if the city will forgive me
"

(continua)

Kraakinho já escreveu sobre os Elbow aqui.

6 comentários:

Pinto Ribeiro disse...

Tudo de bom, Kamarada. Um abraço e muita músika.

Alma Om disse...

Quando a gravidade dos batuques, em forma de ritual, circular, nos chamam para a terra... O corpo entrega-se, em movimentos sensuais... Escorregando por entre os sons. É, de facto, um bom começo...

Maria disse...

Bom 2006
Beijos

Kraak/Peixinho disse...

PR :) Obrigado mais uma vez, Kompañeiro :) Muita músika, muitaaaaaaaa :D

Um sonoro 2006!

Hugzz musicais

Kraak/Peixinho disse...

Alma om :) Sim, Alma... e eu vou a pouco e pouco escorregando para dentro do mar... o meu habitat marítimo. Gostei MUITO do teu comentário :)

Hugzz com batuques

Kraak/Peixinho disse...

Maria :) WEE! Um Óptimo 2006!! Sem stress e olhares baixos ;)

Bjzz sem stress