2007/10/06

IgNobel Prize '07

... e na sequência do post anterior, foi ontem realizada mais uma cerimónia de entrega do IgNobel Prize, um prémio dedicado àqueles que pretendem fazer rir alguns dos mais respeitados cientistas e investigadores mundiais, na esperança que um belo dia aquilo que estudaram possa ser efectivamente utilizado. Nonsense ou não, alguns dos prémios de 2007 ficaram assim distribuídos:

IgNobel da Economia - atribuído a um investigador de Taiwan por patentear um dispositivo que atira, em tempo real, redes aos ladrões;
IgNobel da Biologia - atribuído a uma investigadora holandesa por começar a fazer um inventário sobre todos os bichos (ácaros, insectos, bactérias, pseudo-escorpiões, ...) que habitam nas nossas camas;
IgNobel da Paz - atribuído a um laboratório norte-americano pelo desenvolvimento da "Bomba Gay", ou seja, aquela que provoca comportamentos homossexuais nas pessoas provocando que em tropas inimigas os soldados se sintam mutuamente atribuídos pelos outros;
IgNobel da Química - atribuído a um norte-americano de origem japonesa por ter descoberto que a vanilina (aroma da baunilha) pode ser extraída através de estrume de vaca;
IgNobel da Linguística - atribuído a três espanhóis por terem percebido que os ratos às vezes não distinguem quando um japones ou um holandês estão a falar de trás para a frente.

Insólito?
Real.

3 comentários:

LisbonGirl disse...

LOL! Muito engraçado!;))

strange quark disse...

Também colocarei a lista na tasca...

Kraak/Peixinho disse...

Lisbon Girl, Strange Quark :)) OKIS! Espero que tenham curtido! Acho que deveríamos fazer uma lista IgNobel National Prize. O que achais?

Hugzz+Kszz com direito a prémio