2006/03/12

O Sexo e as Pastilhas do Quarto de Banho


Há coisas que ainda têm um sabor universal, embora discutível, como o sexo. Será que existe um conceito clássico do mesmo substantivo que seja actual? Penso que sim. As formas mais antigas de "mandar um pirafo" podem ter alguma contemporaneidade, tal como na música: misturar conceitos mais clássicos com peças actuais. Mesmo em locais diferentes do habitual e cliché quarto de dormir, como, por exemplo, no quarto de banho na presença de pequeninos mosaicos de uma ou várias cores, no escritório a ouvir Wolf Parade, no sofá da sala com artigos domésticos de design pelos móveis ou mesmo na dispensa no meio da barafunda dos detergentes, lixívias e panos do pó.

É bom ver o acto com várias tonalidades, sacando daí um efeito muito próprio, muito particular, sem que este passe a ser uma coisa. A máxima de Baudelaire "A religião das massas é foder" poderia ser usada com alguma subtileza:

- pá, fodam à larga mas tentem transformar isso num momento luminoso, mesmo que perverso (Lady Chaterley) e trágico (Ana Karenina).

Pode o sexo ser trágico?

16 comentários:

Extravaganza disse...

pode pois, pela ausência de emotividade com que se faz...

spartakus disse...

é-o sempre, num?...bom dia K'mrd. abraços e huggzzzs. dói-me a cabeça.

Kraak/Peixinho disse...

Extravaganza :) Será que a ausência de emotividade pode originar tragédia? Ou falamos de tragédia no sentido figurado?

Bjzz presentes

Kraak/Peixinho disse...

Spartakus :) Sempre?

Hugzz (toma 1 comprimido para a dor de cabeça, pá!)

Wakewinha disse...

Saíste-te cá com uns conselhos "do belo"!!! Lololol...
Beijinho e boa semana*

gaZpar disse...

E viva a diversidade no acto. ;)
Trágico seria tornar-se algo banal!
abraços diversos

Kraak/Peixinho disse...

Wakewinha :) Haha! Naum saum conselhos :) MAS, quem quiser segui-los, seguramente poderão ser mais felizes, LOL.

Bjzz e boa semana tb para ti :)

Kraak/Peixinho disse...

GaZpar :) Haja diversidade!! De qualquer forma, concordo contigo no que diz respeito à tragédia. Quando isso se torna um acto banal, algumas pessoas podem rapidamente seguir a trajectória da tragédia. Nem que seja em sentido figurado.

Hugzz familiares

gonn1000 disse...

Kraak, estou chocado. Naum bebes mais sangria!!!

Alma Om disse...

Baudelaire sabia o que dizia!... Os teus conselhos parecem-me uma óptima sugestão... Freud concordaria com eles. O sexo comanda a vida, é uma força vital inegável. Se é perverso ou não, depende da imaginação de quem o pratica e de quem o analisa. O que interessa é haver muita criatividade no acto.

Wakewinha disse...

Não me digas que ainda andas a reflectir sob esta temática... =P (lololol)

Mendes Ferreira disse...

sei não meu amor...sei não...


______________diz-me tu___________


com as tuas palavras sábias.

Kraak/Peixinho disse...

Gonn1000 :) Porque estás chocado?? :S Deixa-me que te diga que a sangria estava um deboche... Naum foi daí, LOL :)

Hugzz sem álcool

Kraak/Peixinho disse...

Alma om :) Concordo contigo. A criatividade é um factor que deveria estar sempre presente, bem como alguma perversidade qb. Agora não sou muito apologista da tragédia. O que será isso de tragédia?

Hugzz criativos

Kraak/Peixinho disse...

Wakewinha :) LOL! Eu naum! Isso era quando eu tinha 20 anitos, hehe :) Só queria era partilhar/saber o significado de sexo trágico :)

Bjzz reflectidos

Kraak/Peixinho disse...

Mendes Ferreira :) Eu __ também __ não __ sei. Trágico?

Bjzz sem saber