2007/03/08

A Reciclagem Maná


Que as senhoras que laboravam nas fábricas de vestuário no dia 8 Mar 1857, em Nova Iorque, decidiram fazer greve por melhores condições de trabalho bem como melhores salários, plenamente de acordo. Que tudo isto, na altura e em anos seguintes, tenha gerado algum desenvolvimento sustentável sobre a melhoria das condições de trabalho femininas, melhor ainda.

Depois dos grandes movimentos feministas dos anos '60 onde reinvindicavam os seus direitos, na década de '70, o Dia Internacional da Mulher foi instituído e patrocinado pela ONU.


Hoje o que se vê é um dia, onde as mulheres são apaparicadas por flores e chocolates, como se de um banal "dia dos namorados" se tratatasse.

Parem com estes floreados! Em vez de continuarem a patrocinar o dia nas sociedades ocidentais, insistam nas zonas geográficas do globo, onde de facto a mulher precisa de outro estatuto. Reciclem-se.


Se fosse mulher, teria vergonha de ter um dia destinado "às coitadinhas".

[Image Credits: Comemorações do Dia da Mulher na Igreja Maná de Sines]

2 comentários:

Extravaganza disse...

É isso mesmo que eu sinto.

Ainda hoje disse a alguém:

"Não quero ter um dia dedicado a mim como se eu fosse uma espécie em extinção ou algo do género."

Prefiro que me tratem com igualdade todo o ano a que me ofereçam flores num dia.

Isto é mesmo decadente.

Kraak/Peixinho disse...

Extravaganza :) Nem mais! Já tinha comentado com outras mulheres tal assunto e a opinião delas ia no mesmo sentido. Houve uma colega que me disse que se sentia ridícula, especialmente pq nesse dia o marido decidia ter uma atenção especial com ela, LOLL.

Igualdade todo o ano!

Bjzz dedicados a todos os dias