2006/05/23

Pobre Mundo Rural (e Urbano-Provinciano)


Aproxima-se o verão e chega com ele a chamada "silly season" nacional. Este ano antecipada para a primavera, devido ao Mundial '06, que ocorrerá na Alemanha.

Hoje Portugal jogou com a França no Europeu Sub-21 e levou na ripa, como seria de esperar. Para meu espanto e porque este país não tem emenda, ontem mesmo vislumbrei algumas bandeiras nacionais espalhadas por algumas janelas e por algumas varandas. Movimento este que só poderia ter saído da cabeça do burgesso do
seleccionador oficial ("seleccionador" sim, com dois "c" - é assim que se escreve) apoiado por milhares de idiotas lusos e de uma panóplia de brasileiros cá residentes os quais também expõem as suas bandeirinhas verdes e amarelas bem como auto-colantes pelos seus carros [acho esta malta curiosa: são os primeiros a dizerem mal do Brasil, fogem de lá, mas depois, a determinada altura, assalta-lhes um nacionalismo tão bacoco que até chega a fazer pena]. É como dizerem que acham Zézé di Camargo muito bom e não lhes passar nenhum crédito no país de origem.

Mas voltando à questão inicial e porque já me estou a afastar do pretendido, na sequência da antecipação da "silly season", temos uma notícia brilhante posta à público no passado sábado. Refiro-me à proibição de exibição pública dos jogos do Mundial '06, ditada pela SporTV. Por amor de todos os santos, mas quem é que aguenta estes chulos? Eu estou-me bem nas tintas para as exibições públicas dos jogos do Mundial, mas digam-me o que é preciso para acabar com estes gestores rascas, que se vestem de camisinha às riscas e gravata que nada tem que ver com o resto da indumentária, repletos de incompetência mental e que administram as nossas empresas, quer públicas quer semi-públicas.

Contudo também não é incentivando o povo (coitadinho) rural que nem sequer tem guita para comprar uma televisão quanto mais para assinar a SporTV. Quem afirma tal coisa, está completamente fora da realidade. Lembro-me quando apareceram as antenas parabólicas e outras cenas que tinham acesso codificado, era ir ao nosso mundo rural e ver a quantidade de lares que tinham tal aparelho para ver quer sejam os canais pornográficos quer seja o EuroSport.

Tudo isto é ridículo e tem sido o assunto dominante nos últimos dias. Andam a querer tapar os olhos de quem? Parece uma questão de vida ou morte.

12 comentários:

Caracolinha disse...

Eh lá Kraak ... tá-se ??

Ouve lá pá ... é o que eu te digo ... eu e tu sempre em sintonia !!!!

És o MAIOR pá !!!!

Bjocas da silly snail !!!!

Ganda maluco ... :))))

O Puto disse...

Sem dúvida que fica tudo maluco nesta altura. É ridículo que só sintamos orgulho nacional neste altura. Ah, e a praga das bandeiras (versão mini) já assola algumas viaturas.

Kraak/Peixinho disse...

Caracolinha :) WEEE! 'Tá-se cool querida! Ainda bem que estamos em sintonia. Eu sabia que do teu lado naum poderia ser diferente, hehe! Agora... deixa-me que te diga: naum sou nada o MAIOR! Nada disso. Esquece a frase!

Bjzz loucos :))

Kraak/Peixinho disse...

Puto :) Por acaso é mesmo ridículo, mas enfim... ou seja, na generalidade o povo português só se orgulha do País, na altura dos campeonatos de futebol. Enfim. Quando foi o Europeu ou o Mundial de Hóquei em Patins, razão pela qual sim, deveríamos ter muito orgulho, o mediatismo foi/é o que se viu/vê. No que toca à cena tosca das bandeirinhas, imagina que hoje mesmo de manhã, vi um carro que tinha naum só uma, mas 2 bandeiras! Uma portuguesa e uma brasileira. Naum acho isto muito normal...

Hugzz sem praga

Adryka disse...

Olá amigo faz tempo que não nos visitavamos, pena que tenha sido por um motivotrsite mas espero voltar ao teu convivio co o faziamos no passado. Beijinhos

Mocho Falante disse...

Podes queres Kraak...

Agora só quero ver é como é que eles vão controlar a coisa, e depois os mongos esqueceram-se de algo muito importante...os jogos de Portugal vão ser transmitidos em canal aberto...pela SIC e agora senhores pensantes como é que vai ser...?Asshole!

Kraak/Peixinho disse...

Adryka :) Verdade! Lamento o sucedido e espero que tudo se recomponha rapidamente para voltarmos às nossas visitas.

Bjzz sentidos

Kraak/Peixinho disse...

Mocho :) Pois é! Mas segundo o que li, parece que a probição é extensível à SIC. Achas normal? :S Mesmo imbecis!

Hugzz em sinal aberto

gaZpar disse...

Pois... deves ter reparado que aqui em Inglaterra não é muito diferente, mas em alguns aspectos é pior.
Vendem tudo e mais alguma coisa com a bandeira desenhada.
Dos lápis para crianças às camisolas (mais ou menos oficiais), das bandeiras para carros às pinturas para cara e outras coisas que só mesmo para rir ("gosto" especialmente da versão cuequinha... lol). Eu chamaria isso de prostituição patriótica. O símbolo do país é explorado ao máximo nesta ocasião.
abraços ingleses

Kraak/Peixinho disse...

GaZpar :) Eu reparei! Nem queria acreditar em tal coisa :S Agora essa cena da flag-cuequinha não lembra! Naum é possível! Imagina o que é despires-te e de repente aparecer a cuequinha branca com a cruz vermelhita... LOL!

Hugzz sem bandeiras

gaZpar disse...

Eu fugia. Especialmente se fosse uma "loura burra" inglesa a fazer isso. Elas têm um especial dom para andar sempre semi-vestidas (ou semi-despidas, como queiras). Mesmo que estejam -50ºC na rua...
abraços louros

Kraak/Peixinho disse...

GaZpar :) LOL! O que é isso do frio quando o calor interno é como se estivesses no inferno? Hahaha!

PS. Eu também fugiria :P

Hugzz aquecidos