2005/06/07

O Meu Mar

está de tal forma que um bocado de sangue na água já não me excita.

15 comentários:

C.S.A. disse...

Anda para aí o Professor Karamba, Cê!?

moon between golden stars disse...

Então vem velejar um pouco no meu mar, anjo bonito...

um abraço

C.S.A. disse...

Escuta a Cavalgada das Valquírias, do Wagner.
Viste o Apocalipse Now?
E aquela vaca sacrificial?
E o capitão a emergir das águas?

E a Missão, do Roland Joffé?

JJ disse...

O que é um pouco de sangue na vastidão do oceano?

Um abraço.

Sereno disse...

ahhhh
afinal es tubarao!
hum...

N * disse...

O meu mar é azul-cobalto
De águas planas e altíssimas margens
Frio, com pedaços de espelhos desalinhados à superfície
Onde a luz da tarde reflecte e alucina
Mar transparente com medusas e tritões
Águas de iodo e palavras
Mar que sussurra rimas de embalar
Profundo como o sono das sereias
Atapetado de laminárias dançantes
Que me escondem o desejo e os segredos.

N*

Mendes Ferreira disse...

:)
.

Anónimo disse...

"VIESTE COMIGO
NESSE JEITO PÓS-MODERNO
DE NÃO QUERER SABER NADA
DE NÃO FAZER PERGUNTAS
ESSA POSE CANSADA
TÃO DESPIDA DE EMOÇÃO
DE QUEM JÁ VIU TUDO
E TUDO É UMA IMENSA
REPETIÇÃO

NÃO FOSSE A MINHA COMPETÊNCIA PARA AMAR
E NUNCA TERÍAMOS ACONTECIDO
NUM MUNDO DE COMPETÊNCIAS
E TÉCNICAS DE PONTA
A DÁDIVA DA FALA
QUASE JÁ NÃO CONTA

DEPOIS QUASE IAS EMBORA
DESSE MODO
EVANESCENTE
NÃO SOUBESSE EU VER-TE TÃO TRANSPARENTE
E TERIA SIDO APENAS
UM ENCONTRO ACIDENTAL
UMA SIMPLES VERTIGEM
DUM DESPORTO RADICAL

NÃO FOSSE A MINHA COMPETÊNCIA PARA AMAR
E NUNCA TERÍAMOS ACONTECIDO
NUM MUNDO DE COMPETÊNCIAS
E TÉCNICAS DE PONTA
A DÁDIVA DA FALA
QUASE JÁ NÃO CONTA"

Carlos Tê

(do supermercado das gambas)

Kraak/Peixinho disse...

CSA, :=D Hahahaha. Vi e ouvi tudo o ke disseste, LOL. Só naum fui à consulta do Prof. Karamba, hahaha. Só tu! Qq dia vou mas é à Maya.
Hugzzz

Kraak/Peixinho disse...

Moon Angel :) Leva-me a velejar no teu avião rumo às estrelas. Já sei ke keres 1 lugar à janela, ok. Eu sempre preferi coxia. No problem.
Hugzzz

Kraak/Peixinho disse...

JJ, exacto, a imensidão é tanta, que tudo se dissolve. ;=)
Hugzzz

Kraak/Peixinho disse...

LOL Sereno! Porquê naum 1 golfinho?
Bjzzz

Kraak/Peixinho disse...

N* :) "Quando eu morrer voltarei para buscar os instantes que não vivi junto do mar" [Sophia de Mello Breyner Andresen]
Maravilhoso, não?
Hugzzz

Kraak/Peixinho disse...

MF,
:D
.
****
[[]]

Kraak/Peixinho disse...

Anonymous... Hummm. Escrito no super das gambas? Esse comment é de ti p/ mim ou de mim p/ ti? Mto boa a inspiração do Carlos Tê. Bonito texto. Gostei. Escreve mais. Aparece mais. Obrigado pela visita.
Hugzzz