2005/05/17

Bazar da Praia



Consigo respirar. Consigo estar calado.
Através do silêncio, pouco a pouco, foste fechando as portas.

Tiraste-me as palavras. Deste-me poesia.
Deste-me dor. Tornei-me mais forte.
Tornaste-me mais forte. Escapei-me para a magia.
Escapaste-me magicamente. Foi a minha sorte?

Encontrei as canções certas para ti.
Tu continuas no teu próprio mundo.
Em nada e em tudo pensas, mas só para ti.
Tu que crês que controlas o mundo.

Mundo, submundo sucedâneo
Dependência de um sol que teima ser subterrâneo.

As ruas por onde caminhas são como um rio,
Todos temos um pouco de mar para encontrar.
Ao rejeitares o azul perdes-te no teu oculto brio,
Tudo se torna muito rápido e regressas para noutro porto atracar.

Outrora quiseste o meu coração
E eu fiquei envenenado por uma nova etapa,
Um filme onde a razão
Permitiu-me fugir no 138 com a alma estafada.

... e assim, a tua vida regressa a uma normalidade, rotineira e paranoicamente complicada.

31 comentários:

Sereno disse...

"Dependência de um sol que teima ser subterrâneo"

Nao consigo comentar mais nada.
Parei nesta frase.
Vergonhas?De que?
Sao palavras.`E poesia.

Uma noite serena
[*]

Anónimo disse...

Meu querido!
que tal um grande abraço.
aparece lá em casa...
xi-coração
nat&sobrinhas

Memórias de um Homem disse...

Bonito poema em que falas do cruzamento de vidas. Muito bonito mesmo, principalmente na forma como o terminas e na subtileza com que falas do "138"... parabéns!E na verdade a(s) vida(s) são assim com chegadas e partidas... e muitas penas e lágrimas à mistura - vá-se lá saber porquê, num é?
Abraços...

P.

Mendes Ferreira disse...

Esperou mt? Perdeu-se? Mas sabe com todo esse potencial sensitivo logo logo vai "amarar" na ilha que tanto procura....

joca disse...

Apesar do lugar comum é mesmo assim... o que não nos mata torna-nos mais fortes. O tempo ajuda. E as portas vão-se abrindo novamente...
Hugzzz

Anónimo disse...

Parabéns! Mais um lindo poema!...

Não entendo,com tanta paixaum, dás a entender que não podes revelar os teus sentimentos...
Então resolveste partir no 138? já agora diz-me, k tipo de transporte é?
Mais uma viagem, mais uma paixaum!

Aguarela

* disse...

Um abraco cheio de azuis ceu,
azuis mar,
azuis sonho.

JJ disse...

"Tiraste-me as palavras. Deste-me poesia.": as palavras não foram certamente roubadas pois foram transformadas na linguagem do coração, que é sempre a linguagem do Amor.

Parabéns pelo texto intenso e forte.

moon between golden stars disse...

Apenas me ocorre dizer-te que me sinto muito priveligada em quereres ser um mano para mim... És lindo sabias????...

*****************************************mil e um jinhus pa ti

N * disse...

Queria muito te acompanhar até ao 138, e esperar que ele partisse e desaparecesse no infinito das linhas paralelas.

Mendes Ferreira disse...

Amo de paixão esta "musicalidade",parto logo de seguida e o quealcanço é uma espécie de serena inquietação num lugar só meu onde sou dona de um espaço gigantesco e onde o cair de uma poeira se equivale a esta música. Obrigada. Sinceramente.Bjo.

P.S.o MoscardoLaranja "linkou-te".vai ver.outro bjo.

o rapaz que pensava que o mundo era redondo disse...

Gostei do k li por cá e gostei da musica :-)

Mendes Ferreira disse...

Paixão paixão porque foges tu?

Sereno disse...

ele nao foge.
por vezes faz `e viagens por planetas alem via lactea...
mas volta sempre ao porto de abrigo.
ou entao sou so eu a divagar.

Mendes Ferreira disse...

Oh Princesa as coisas que tu sabes....

C.S.A. disse...

O mar é grande, Peixinho, e cheio de sereias com estranhos sons de encantar, mas pronto, o sol há-de abrasar tudo e engolir o mar.

Adryka disse...

Olá meu amigo, sempalavras para comentar tanta beleza, é lindo demais para alguém entrar nesse tesouro que escreveste, adorei.Beijinhos

Sereno disse...

`E verdade...
as coisas que eu sei.
ou entao nao.

Kraak/Peixinho disse...

Sereno :) Pq paraste nesta frase? Tiveste vergonha de seguir? Os sinais de que te falava são como poesia e palavras. Tudo se transforma. E de facto eu naum fujo - viajo pelo sistema solar - e regresso turbulentamente à minha doca, hehe :). As coisas ke tu sabes.
Beijaum
Kraak/Peixinho aka Damage in My Heart

Kraak/Peixinho disse...

Natinhas :) Um gde abraço tb para ti, minha kerida.
Hugzzz graundes

Kraak/Peixinho disse...

Nat&Esp, ke perspicaz! Obrigado pela v/ visita e fico contente ke tenham gostado da subtileza do 138. Chegadas, partidas e atrasos. Hummm... Pouca gente sabe sobre o 138. LOL.
Hugzzz
Kraakaum aka Prefiro o 524

Kraak/Peixinho disse...

MF :) Olá! Cá estou de volta para amarar num qualquer oceano. LOL. As asas deste meu avião estou cada vez mais potentes, pelo que para amarar só mesmo por falha no motor ou alguma inquietação por haver fogo a bordo. Assim fujo e volto. Sobre e sob o mar.
Bjzzz
Kraak/Peixinho aka A Descolar

Kraak/Peixinho disse...

Joca, qualquer coisa intermédia entre lugar comum e uma torre alta, naum? You're my best friend. When everything is wrong, I come to talk to you.
Embraces from Zürich
Krakeleich aka Kom mee en breng mijn Cd's terug, LOL

Kraak/Peixinho disse...

Aguarelita :) Hehe, nem eu entendo. Mas, claro ke posso revelar os meus sentimentos. Eles já foram revelados e como já naum há nada a fazer, só resta apanhar o 138!
Hugzzz
Kraak/Peixinho aka A voltar no 927

Kraak/Peixinho disse...

Azulencias :) Thx pela tua visita! Qdo naum me sinto azul, é óptimo passar pelo teu blogazul.
Bjzzz

Kraak/Peixinho disse...

Moon :) Heya! Tu tb és linda! Tenho aki chocolate para a troca. Wanna it?
Bjzzz
Kraakelate aka Milchschokolade mit Haselnüssen

Kraak/Peixinho disse...

Hey JJ! As palavras divergiram em várias direcções, contudo com o desejo de chegarem todas às mesmas estações. A poesia estacionou numa delas. Obrigadaum e um forte abraço.
Hugzzz
Kraak/Peixinho aka K/P

Kraak/Peixinho disse...

Heyas Rapaz! Obrigado pela tua visita e regressa sempre que quiseres.
Hugzzz

Kraak/Peixinho disse...

grande amigo N :) Poix... mas eu precisava dar akeles passos sózinho, para levar histórias para contar, para navegar nas águas daquela terra, para dizer ao sol que estava a fazer a acoplagem das minhas carruagens soltas, como qualquer forasteiro de volta a uma cidade familiar.
Hugzzz e Tkssss
Kraak/Peixinho aka Trading Air

Kraak/Peixinho disse...

C.S.A., o sol nunca irá engolir o mar! Pode trazer-lhe um pouco de calor, mas mais nada! A água apaga sempre o fogo. Uma cheia pode ser pior que um incêndio ;)
Hugzzz

Kraak/Peixinho disse...

Amiga Adryka :) Ainda bem que gostaste! "Tesouros" escondidos à superfície de um navio quebra-gelos a vaguear pelos mares do Polo Norte. Obrigado pelas tuas simpáticas palavras.
Bjzzz
Kraak/Peixinho aka Lobo Marinho